Pular para o conteúdo

Tratamento para Estrias em Uberaba

A estria é um dos principais motivos que fazem as mulheres irem atrás de métodos alternativos de estética. Existem hoje, estudos que mostram seus diferentes níveis e quais os tratamentos com maiores efeitos ou que melhor atende cada um deles. Com tudo, as clínicas de estética estão sempre inovando nestas técnicas, por ser responsável pelo maior número de clientes/pacientes.

As estrias são uma característica da condição da pele quando sofre o rompimento de suas fibras, que por sua vez, são elásticas. Esse rompimento se dá quando a pele é sofrida por ter de esticar de forma brusca.

Saiba mais sobre Tratamento para Estrias em Uberaba em Estética.

A parte maleável da pele é responsável por sustentar as camadas de colágeno e elastina. Sem distinção de sexo, esse efeito acontece em homens, mulheres, crianças e adultos, porém é muito mais frequente em mulheres que estejam no período gestacional, ocorrendo exceções. Há locais do corpo onde essas espécie de ‘riscos’ são mais propícios para aparecerem:

  • Peitos;
  • Quadris;
  • Culotes;
  • Coxas;
  • Nádegas.

A aparência da estria é um dos fatores analisados para classificar o nível e grau. Elas podem aparentar como avermelhadas, arroxeadas, branqueadas, superficiais, profundas, largas e estreitas. Dentre essas características as que possuem melhores condições de tratamento para estrias são as vermelhas ou roxas, isso indica que elas foram às últimas a aparecer. Com o passar do tempo, mais brancas ficam, aí o tratamento pode ser mais prolongado.

Separando as estrias em três grupos, um com maior dificuldade para tratar e outro com menos por serem mais recentes, cada um deles recebem nomes diferentes para iniciar o método de diminuição destas linhas.

Saiba mais sobre Tratamento para Estrias em Uberaba em Estética.

Grupo 1 – Estrias brancas, largas e profundas:

  • Tratamento com laser fracionado mais subcisão

Essa técnica visa o melhoramento da textura da pele. Com poucos hematomas, devidos às micro perfurações no local, eles desaparecem em quinze dias. Porém, ainda será feita a última etapa, considerada como cirurgia ambulatorial, ou seja, simples e rápida. Esse é para que o lesão de desprender a derme profunda causará a recuperação natural da pele e tudo voltara ao normal, sem estrias.

Grupo 2 – Estrias brancas, superficiais e estreitas:

  • Radiofrequência

Essa técnica usa o aquecimento a seu favor. A intensão é aumentar e reorganizar as fibras de colágeno e o tecido que se rodeia.

  • Laser fracionado

As luzes vão acender e atingir cerca de um milímetro. Esse laser tem o poder de estimular a produção do colágeno e elastina.

Além destes, existem vários outros tratamentos para estrias para o segundo grupo cito acima. Já o grupo três – estrias vermelhas e roxas possuem sistemas simples de tratamento, mesclando luzes e radiofrequência.