Pular para o conteúdo

Terapia de Casal em Uberaba

Muitos casais se deparam com discussões e desentendimentos que passam a virar rotina. Para que isso não seja um motivo de uma separação dolorida ou mesmo, para recuperar o amor e a essência da união destas duas pessoas, existe a chamada terapia de casal. Esse tipo de tratamento não tem o momento certo para se iniciar e deve ser uma decisão tomada por ambos.

Especialistas relatam que muitos casais poderiam ter começado a terapia muito antes, porém sempre foi constatada uma resistência maior de um dos dois, geralmente, por parte do homem. Se quem pensa que terapia é para chegar a um acordo de divórcio está muito enganado. A terapia tem o papel principal de ver além dos olhos e chegar onde os dois sozinhos não conseguiu chegar, ou seja, em uma conversa civilizada. A partir daí se pode tomar a decisão de qual é o melhor caminho.

Saiba mais sobre Terapia de Casal em Uberaba em Psicólogos em Uberaba.

Um casal normal briga e discute, no mínimo uma vez ao dia, isso é saudável. O problema aparece quando o respeito mútuo cai por terra. Vários terapeutas relatam que a principal queixa dos recém-casados e casais de anos, é de: tédio no matrimônio, relação fria, após a chegada do filho o homem foge dos cuidados, tarefas sobrecarregas e muitos outros. A traição é outro assunto muito trabalhando em consultórios de terapia.

Na vida a dois, existem vários momentos onde a mente de ambos em cônjuge se abala, chegando à estabilidade do casamento. Além do nascimento do primeiro filho, o momento da saída deles de casa também se torna um martírio. Tudo porque os dois se deparam com a casa vazia, e um logo, se vê sozinho com o outro.

Saiba mais sobre Terapia de Casal em Uberaba em Psicólogos em Uberaba.

Em uma pesquisa realizada por estudantes da Universidade da Califórnia, foi comprovada que a terapia de casal é muito eficaz. O trabalho foi feito com 134 casais em momentos peculiares, durante um ano computaram um total de 26 sessões. O resultado passou às expectativas, 25% se separaram 25% ficaram na mesma, porém 50% melhoraram rapidamente, e hoje, estão muito melhores.

O profissional que exerce essa função de reaproximar as pessoas é o psicólogo. Seja homem ou mulher, eles estudaram durante cinco anos aprofundando sobre os mistérios do corpo e mente. São três tipos de terapias, Gestalt-terapia, psicanálise e terapia cognitivo-comportamental.