Candidatos a prefeito de Uberaba 2012

De acordo com o TSE, os candidatos a prefeito de Uberaba 2012 são os citados abaixo.

Os candidatos a prefeito foram listados em ordem alfabética e listados de acordo com o TSE na data de 04 agosto 2012.

Candidato: Adelmo Carneiro Leão

Candidato a prefeito de Uberaba Adelmo

Situação: Deferido

Partido: PT ( Partido dos Trabalhadores), número 13

Nome para urna: ADELMO

Coligação do candidato a prefeito Adelmo: UBERABA NÃO PODE PARAR

Candidato a vice-prefeito: Luciene Fachinelli

Confira aqui a proposta do candidato a prefeito de Uberaba Adelmo.

Candidato: Antônio dos Reis Gonçalves Lerin

Candidato a prefeito de Uberaba Lerin

Situação: Deferido

Partido: PSB (Partido Socialista Brasileiro), número 40

Nome para urna: LERIN

Coligação do candidato a prefeito: JUNTOS PODEMOS MAIS

Candidato a vice-prefeito: Helio Massa

Confira aqui a proposta do candidato a prefeito de Uberaba Lerin.

Candidato: Edson Santana

Candidato a prefeito Edson Santana

Situação: Deferido

Partido: PPS (Partido Popular Socialista) , número 23

Nome para urna: EDSON SANTANA

Coligação do candidato a prefeito: Partido não coligado

Candidato a vice-prefeito: Leuces ou Cirilo

Confira aqui a proposta do candidato a prefeito de Uberaba Edson Santana.

Candidato: Fahim Miguel Sawan

Candidato a prefeito de Uberaba Fahim Sawan

Situação: Indeferido com recurso

Partido: PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) , número 45

Nome para urna: FAHIM SAWAN

Coligação do candidato a prefeito: O POVO QUER O POVO PODE

Candidato a vice-prefeito: Vania Célia

Confira aqui a proposta do candidato a prefeito de Uberaba Fahim Sawan.

Candidato: Paulo Piau Nogueira

Candidato a prefeito de Uberaba Paulo Piau

Situação: Indeferido

Partido: PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) , número 15

Nome para urna: PAULO PIAU

Coligação do candidato a prefeito: UBERABA MERECE MAIS

Candidato a vice-prefeito: Almir Silva

Confira aqui a proposta do candidato a prefeito de Uberaba Paulo Piau.

Candidato: Rodrigo Mateus de Oliveira Signorelli

Rodrigo Mateus, candidato a prefeito de Uberaba

Situação: Indeferido com recurso

Partido: PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) , número 15

Nome para urna: RODRIGO MATEUS

Coligação do candidato a prefeito: Partido não coligado

Candidato a vice-prefeito: Rafael Mendes

Confira aqui a proposta do candidato a prefeito de Uberaba Rodrigo Mateus.

Candidato: Wagner do Nascimento Júnior

Wagner do Nascimento, candidato a prefeito Uberabense

Situação: Deferido

Partido: PTC (Partido Trabalhista Cristão) , número 36

Nome para urna: WAGNER DO NASCIMENTO

Coligação do candidato a prefeito: Partido não coligado

Candidato a vice-prefeito: José Eurípedes

Confira aqui a proposta do candidato a prefeito de Uberaba Wagner do Nascimento.

Confira abaixo as propostas dos candidatos a prefeito de Uberaba em 2012.

Proposta de governo do candidato Adelmo

EIXO – 1 – Desenvolvimento Local Sustentável

Nossa concepção de desenvolvimento sustentável se dá com a articulação do desenvolvimento social, ambiental, econômico, cultural, político e ético, na perspectiva da preservação da vida e dos recursos naturais para as gerações atuais e futuras. Significa dizer que os ganhos e benefícios do desenvolvimento econômico devem ser apropriados por toda a população e não devem acarretar o desequilíbrio ecológico, ambiental ou destruir os recursos naturais. Diante disto propomos:

  • 1. Implementar as microempresas, as incubadoras e fomentar micro créditos para as mesmas através da estrutura administrativa municipal e desenvolver políticas para a reforma agrária; 2. Apoiar a economia solidária, o cooperativismo, as redes de produtores, o empreendedorismo e o terceiro setor como vetores ao desenvolvimento sustentável;
  • 3. Criar um Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Sustentável – CMDRS;
  • 4. Criar um Banco Municipal voltado para o micro crédito com baixas taxas de juros;
  • 5. Incentivar a coleta seletiva, reciclagem de resíduos sólidos, aproveitamento da água pluvial e o lixo eletrônico com redução no pagamento do IPTU;
  • 6. Implantação e manutenção de estradas vicinais;
  • 7. Sedimentação de estrutura logística para o escoamento e comercialização da produção agrícola ou industrial local, com meios de armazenagem e transporte;
  • 8. Adequar a proposta de desenvolvimento ao texto legal Plano Diretor, lincado e condizente com a realidade local e nacional, onde sejam contempladas as demandas sociais e econômicas;
  • 9. Firmar convênios com as escolas técnicas, Universidades e escolas agrícolas da nossa cidade e região;
  • 10. Constituição de consórcios e convênios com outros municípios que facilitem a seqüência dos estudos de jovens e adultos e garantam melhores condições para a realização e inserção no mundo do trabalho. Estes instrumentos devem articular a formação profissional desde o ensino fundamental até o ensino superior.

EIXO 2 – PARTICIPAÇÃO POPULAR E CIDADÃ

É preciso fortalecer o município em seu papel de propositor e executor de políticas públicas, bem como de prestador de serviços através de uma gestão democrática, eficiente e eficaz.
O desafio que está colocado para o futuro governo é consolidar um aparelho de gestão desburocratizado, estimulando boas práticas administrativas e gerenciais, nas quais:

  • As decisões sejam tomadas com a participação dos gestores e agentes públicos envolvidos tornando-os corresponsáveis pelos resultados propostos;
  • As políticas, programas e projetos sejam desenvolvidos de forma integrada e transversal envolvendo as diversas áreas de governo;
  • O foco de toda ação governamental é buscar resultados orientados para a qualidade de vida de todos os cidadãos e cidadãs;
  • Que estimulem a cultura da cooperação entre equipes e a busca pela melhoria contínua que altere o discurso do “sempre foi assim, para que mudar” para “sempre foi assim,
    mas é possível mudar”. “Como podemos fazer diferente?”.
  • Que promovam a transparência, substituindo os controles burocráticos por controles sociais;
  • Que garantam o acesso às informações e a participação da sociedade nos processos decisórios.
  • O governo local deve buscar, através da reorganização de suas estruturas, articular e integrar os diversos setores da administração em torno de diretrizes e metas comuns, que se tornem referenciais para o desenvolvimento de políticas, programas e projetos transversais. Essas experiências são denominadas “agendas de governo” ou “programas integrados”, ou “núcleos de ação”.
  • Implementar o orçamento participativo.

EIXO 3 – Políticas Sociais e a Realização de Direitos

Para nós as políticas sociais são um conjunto de concepções, objetivos e ações coordenadas de governo, que devem ter continuidade, voltadas para o atendimento de necessidades e direitos sociais em diversos campos da vida das pessoas. Aqui trataremos das políticas públicas de educação, saúde, assistência social, transferência e redistribuição de renda, direitos humanos, abastecimento e segurança alimentar, segurança pública, cultura, lazer, esporte, políticas agrária e agropecuária, inclusão digital e ações alternativas visando à igualdade de gênero, étnico- racial e liberdade de orientação sexual e religiosa. As políticas sociais fazem parte das responsabilidades do governo e são regidas por legislações, diretrizes conceituais, normas técnico- operativas, planejamento, avaliação e provisões orçamentárias específicas que asseguram a cada uma a condição de direito.

Para isso, precisamos:

  • 1. Qualificar equipes de profissionais de todas as áreas sociais, bem como o aumento destas e assistência jurídica, financeira, e demais servidores ligados ao programas e as ações promovidas;
  • 2. Promover a Igualdade com equidade com conscientização e fortalecimento das políticas públicas, com criação de estruturas administrativas da mulher, igualdade racial e transgêneros;
  • 3. Construir políticas públicas para as crianças e para a juventude;
  • 4. construir políticas para os Idosos é também um desafio para fortalecer o projeto de tempo integral com acompanhamento profissional, abrangendo o lazer,a cultura e o esporte;
  • 5. Aparelhar e manter o hospital regional;
  • 6. Promover políticas de saúde preventiva, com ênfase na homeopatia e fitoterapia
  • 7. Criar a defensoria de direitos humanos.

Eixo 4 – Gestão Ética, Democrática e Eficiente

O Fortalecimento de um município democrático pressupõe enfrentar o desafio de instituir um novo modelo de gestão da administração pública, em seus diversos níveis.

Este modelo deve ter como principais diretrizes: ampliar a capacidade gerencial e transformar a relação entre Município e Sociedade, visando prestar serviços e promover políticas públicas
eficazes para realidade de Uberaba

Diante disso, cabe:

  • Descentralizar a máquina administrativa, inclusive do ponto de vista territorial, visando melhoria da qualidade de atendimento ao cidadão e à cidadã;
  • Buscar a eficiência nas ações e programas, o que significa fazer o máximo possível, da melhor forma possível e com o menor gasto possível de recursos e esforços individuais e
    coletivos;
  • Profissionalizar os agentes públicos e coordenações, com estabelecimento de novas formas e rotinas de trabalho; desenvolvimento e avaliação e valorização de competências para o trabalho;
  • Integrar as políticas setoriais, com revisão (ou fortalecimento) da estrutura administrativa do governo, dos processos e métodos de gestão, buscando racionalidade administrativa, descentralização de responsabilidades e integração das políticas setoriais, subordinadas às diretrizes políticas comuns à toda a gestão;
  • Organizar a estrutura do governo por meio de “Agendas de Governo” ou por “Programas” ou “Núcleos” que articulem os diversos setores da administração em torno de diretrizes e metas comuns;
  • Fortalecimento de canais de participação e de controle social, com manutenção do diálogo com múltiplos segmentos sociais, lideranças políticas e sociais visando fortalecer a participação popular e cidadã, a vivência da ética pública e maior controle social.

Eixo – 5 – : Desenvolvimento Urbano e Rural nos Municípios e Direito à Cidade

Para nós, todas as pessoas que vivem no município têm direito à moradia digna e à terra urbanizada; direito ao saneamento ambiental; direito à mobilidade, transporte público, saúde e ao trânsito seguro; à inclusão social e à participação cidadã e saúde digna.

Neste termos, propomos:

  • 1- A integração do rural na dinâmica local pode ser planejada a partir de um conjunto de ações inseridas no Plano Diretor Urbano e Rural;
  • 2- Identificar os principais problemas da Zona Rural que necessitam de políticas agrárias, agrícolas ou outras e que demandam ações dos Governos;
  • 3- Fortalecimento das articulações para a comercialização da produção rural do município de Uberaba, tendo em vista o abastecimento alimentar da população, aquisições institucionais para a alimentação escolar por meio de gestão direta do governo municipal e para ampliação dos pontos de vendas de produtos de qualidade em mercados municipais e em bairros da periferia, (sacolões, varejões e outros);
  • 4- Estabelecer limites à implantação de monoculturas que possam ocupar as áreas destinadas à produção diversificada de alimentos ou de monoculturas predatórias aos recursos naturais e ao meio ambiente que, além de promoverem o desemprego, são responsáveis pelo trabalho precário e pelo êxodo rural;
  • 5- Articulação de ações que visem a regularização fundiária de favelas e assentamentos informais e a utilização, sempre que possível de terras e imóveis das três esferas de governo para projetos de habitação direcionados à população de baixa renda;
  • 6- Desenvolver os meios não-motorizados de Transporte, através da melhoria das calçadas e a construção de ciclovias e ciclo faixas, estimulando a circulação de pedestres e ciclistas com segurança;
  • 7- Contribuir para ampliar a inclusão social, principalmente das pessoas com deficiência física permanente;
  • 8- Estabelecer o Transporte Coletivo como serviço público essencial, com papel fundamental do governo em seu gerenciamento, combatendo toda forma de Transporte Clandestino e desregulamentação do setor.

PROGRAMA DE GOVERNO DA COLIGAÇÃO “UBERABA NÃO PODE PARAR” – PT-PSL-PRB-PRTB

Uberaba, Minas Gerais – julho 2012

Proposta de governo do candidato Lerin

Uberaba – Programa de Governo

1º de janeiro de 2013 a 31 de dezembro de 2017

APRESENTAÇÃO

Em consonância com os princípios e metas governamentais do Partido Socialista Brasileiro — PSB. a coligação Uberaba-40 apresenta seu Plano de Governo para o Município de Uberaba-MG. Propomos seguir as diretrizes de uma gestão compartilhada, voltada para a inclusão social e o equilíbrio financeiro, que são os pilares das gestões do PSB em todas as esferas de governo.

Em específico para a Prefeitura Municipal de Uberaba. propõe-se desenvolver simultaneamente um planejamento de longo prazo e o atendimento às necessidades mais prementes da população nas áreas prioritárias de saúde, educação e segurança. Propõe-se pensar a cidade a partir de uma visão ampla e articulada com as esferas de governo Estadual e Federal, estabelecendo as prioridades para os setores de habitação, trânsito e transporte, trabalho e renda, lazer, cultura, meio ambiente e agropecuária. Assim como o perímetro urbano, também os bairros rurais receberão um planejamento de específico de suas prioridades, quer sejam de curto, médio e longo prazo.

Propõe-se a construção efetiva de uma gestão pública compartilhada, com a participação de todos os segmentos sociais, tanto através de representação organizada, como do próprio cidadão, que deverá ter o acesso facilitado que permita sua participação em decisões, como garantia de controle social e aperfeiçoamento democrático.

A meta prioritária do candidato Lerin é promover o desenvolvimento econômico e a geração de emprego com equidade social e sustentabilidade. Melhorar a qualidade de vida da população, através de ações pontuais nas áreas de educação, saúde, segurança pública, fomento ao comércio, ao agronegócio e à indústria, com respeito às vocações culturais e a preservação dos recursos naturais do município para as futuras gerações de uberabenses.

SAÚDE

A qualidade dos serviços de saúde pública permanece como um grande desafio para todos os gestores. A rede municipal de saúde está estruturada na integralidade da atenção ao usuário, mas isso nem sempre se converte em um atendimento de qualidade, já que são crescentes as reclamações dos cidadãos e a judicialização dos pedidos de medicação e serviços médicos específicos.

O investimento e a busca de recursos nos governos estadual e federal serão uma prioridade para a ampliação e implantação de uma assistência médico-hospitalar voltada tanto para a ação preventiva quanto para atenção especializada. Neste processo terá especial atenção o servidor que atua na rede pública de saúde e que é o responsável direto pela acolhida do cidadão/paciente. Este servidor precisa da efetiva implantação de uma política de recursos humanos que o valorize e que promova seu constante aperfeiçoamento profissional. Dentro de tais metas, propõe-se para a rede pública de saúde do Município de Uberaba as seguintes ações:

  • Desenvolvimento de campanhas de prevenção e educação em saúde
  • Pronto-atendimento no período noturno, das 18:00 às 23:00 horas, nas unidades básicas de saúde – UBSs.
  • Melhorias nas UBSs tanto no que se refere aos equipamentos, como em suas estruturas fisicas e de recursos humanos.
  • Reforma das instalações das UBSs que estiverem com deficiências estruturais.
  • Ampliação das equipes do Programa Saúde da Família até os novos bairros e conjuntos habitacionais ainda não atendidos.
  • Pronto-atendimento 24 horas nos Unidades dos Bairros Abadia, São Benedito e Mercês
  • Reorganização do serviço de ambulância.
  • Ampliação e reorganização do acesso a medicamentos e a exames radiológicos. laboratoriais e outros.
  • Controle rigoroso e ampliação dos recursos para aquisição de medicamentos.
  • Aperfeiçoamento do sistema de atenção especializada, com ênfase na reabilitação.
  • Criar e/ou ampliar a rede de atenção e proteção ao portador de dependência química em parceria com os governos estadual e federal e com a sociedade civil, com ênfase para o atendimento ao usuário de crack.
  • Ampliar a abrangência do transporte em saúde, inclusive com criação ou ampliação de rotas nos bairros rurais.
  • Facilitar o acesso à rede de saúde para as famílias em condições de maior vulnerabilidade sócio-sanitária, tanto através dos serviços médicos, como de ações preventivas de educação e orientação específica.
  • Busca de recursos financeiros para a ampliação do número de leitos disponíveis, inclusive na rede privada.
  • Aperfeiçoamento dos sistemas informatizados de marcação de consultas. exames e internações
  • Maximização de todos os recursos e serviços do Hospital Regional.
  • Fortalecimento do serviço de vigilância sanitária.
  • Promover a melhoria da gestão do sistema municipal de saúde pública por meio da padronização de procedimentos, regulação sobre os fluxos de pacientes e circulação eficiente das informações na rede de serviços.

EDUCAÇÃO

O segundo maior desafio para a gestão pública é melhorar a qualidade da educação no Ensino Fundamental e Médio e estender o acesso à Educação Infantil a todas as famílias que necessitam deixar os filhos em creches enquanto os pais trabalham. As profundas e irreversíveis mudanças tecnológicas podem significar a exclusão de grande parcela da população, que não tenha o acesso assegurado à uma educação de qualidade, que é a porta de entrada para a inclusão na atual Sociedade do Conhecimento. Mais do que escola para todos é necessário uma boa educaçâo, com a efetiva aprendizagem inclusive de manuseio das atuais e sempre inovadas Tecnologias da Informação.

Assegurar um ensino de qualidade passa necessariamente pelo viés pedagógico, pela valorização do profissional da educação e pela promoção de seu contínuo aprimoramento. A rede de ensino municipal e seu corpo de servidores precisam da implementação de políticas de valorização, democratização e participação de todos os segmentos envolvidos na formação e preparação dos nossos jovens. Diante da necessidade premente de melhoria nas condições de ensino/aprendizagem, propõe-se as metas abaixo para a rede municipal.

  • Investimentos na aquisição de equipamentos e mobiliário para as escolas da rede municipal de ensino.
  • Ampliação e reforma das Escolas Municipais que estiverem com estrutura física deficitária.
  • Aperfeiçoamento do Plano de Carreira e Remuneração do Magistério Municipal, que atendeu a uma reivindicação histórica dos professores da rede municipal de ensino.
  • Consolidação da proposta de gestão democrática, de participação da família e da comunidade escolar.
  • Aumento do número de matrículas na rede municipal de ensino, para atendimento dos novos bairros e conjuntos habitacionais.
  • Duplicar a oferta de vagas na Educação Infantil nos próximos quatro anos
  • Aumento do número de profissionais do magistério.
  • Programa Municipal Dinheiro Direto na Escola, que propicia maior autonomia e melhores condições de funcionamento para as escolas municipais.
  • Realização de parcerias com empresas e instituições em benefício das escolas municipais
  • Ampliação da rede de escolas em tempo integral, com a criação de novas escolas e aumento da capacidade de atendimento das já instaladas.
  • Ampliação da oferta de cursos profissionalizantes, valorização e modernização dos que já são oferecidos.
  • Ligação direta com o mercado de trabalho através de cadastro direto do aluno interessado no Probem.
  • Dedicar esforços à melhoria do aprendizado no Ensino Fundamental, com o acompanhamento prioritário para os alunos que apresentem dificuldade de aprendizagem.
  • Melhorar o resultado dos alunos no Ideb
  • Manter diálogo constante com os órgãos da esfera estadual e federal para a busca de recursos, métodos, programas, enfim, toda e qualquer ação que contribua para a melhoria da qualidade de ensino e ampliação da rede municipal.
  • Estimular a participação das famílias e da comunidade na gestão da educação municipal e em cada escola em particular.

SEGURANÇA PÚBLICA

Uberaba clama por mais segurança. O aumento da criminalidade amedronta o cidadão, que recorre a vários outros tipos de seguranças particulares, buscando a prevenção contra ilícitos e tornando-se cada dia mais refém do medo em seu próprio lar ou comércio.

A proposta da Coligação Uberaba 40 é a implantação efetiva do programa olho viva já no primeiro ano de gestão.

Outra proposta é a busca junto ao governo do Estado, o aumento do efetivo e a busca da melhoria da remuneração das policias Civis e Militar, a fim de garantir condições de trabalho e valorização destes profissionais. Além disso, a conquista efetiva da implantação de um. bem posto de polícia integrada no município, bem como reforma completa do IML da cidade.

Integração da sociedade com os programas da polícia militar na prevenção e orientação contra o uso de drogas. violência doméstica e outros ilícitos.

DESENVOLVIMENTO DAS COMUNIDADES RURAIS

  • Desenvolvimento de programas de fomento à agricultura, como o de incentivo à horticultura, integrando pequenos horticultores, e programas para as culturas de soja, milho, arroz, sorgo, cenoura, batata, tomate, café e cana-de-açúcar.
  • Desenvolvimento de programas de fomento à pecuária, como os de incentivo à produção de leite, ao confinamento de bovinos, à nutrição animal, à avicultura de corte e à suinocultura.
  • Manutenção de parcerias com instituições envolvidas com o desenvolvimento da agropecuária: EPAMIG, EMBRAPA, EMATER-MG, IMA, IEF. FAZU, ABCZ, CERTRIM, COPERVALE e IFTM.
  • Ampliação das linhas de transporte coletivo para os bairros rurais.
  • Construção de rede de esgoto e de fossa comunitária.
  • Reforma das Unidades Básicas de Saúde dos bairros rurais.
  • Ampliação e/ou implantação do Programa de Saúde da Família.
  • Pavimentação asfáltica das vias de acesso às áreas de lazer e ruas dos bairros rurais.
  • Pavimentação e criação de praças esportivas nas comunidades rurais.
  • Manutenção e aprimoramento dos programas de atendimento ao pequeno produtor e à agricultura familiar da Secretaria Municipal de Agricultura. Pecuária e Abastecimento.
  • Promoção de políticas de incentivo à produtividade e atendimento às necessidades de infraestrutura dos assentamentos rurais.

OUTRAS PRIORIDADES

  • Auditoria das contas e projetos da Prefeitura Municipal (necessário dar publicidade aos eleitores para eu saibam como a prefeitura está. Após, caso eleito, iniciar averiguação da viabilidade de cada proposta, dando prioridade à Saúde e à Segurança)
  • Revisão do Projeto Água Viva (qualidade de obra e material)
  • Criação de subprefeituras nos bairros, a fim de viabilizar o contato direto do cidadão com o Executivo e valorização das associações de bairro.

SERVIDOR PÚBLICO

Em primeiro lugar, a proposta ora apresentada está pautada fortemente em torno de humanização e da valorização do terceiro setor, preceitos que norteiam o Partido Socialista Brasileiro (PSB).

A valorização do servidor e a dignificação da profissão serão pontos de honra do governo municipal, pois atualmente o servidor público chega a ser marginalizado e carrega o estigma “daquele que não trabalha e recebe para isso”.

Vamos mudar! Dar liberdade de acesso do servidor junto ao prefeito, valorizar a qualificação profissional, acabar com o tíquete, que hoje é o de menor valor nas esferas municipais) e transformá-lo em auxílio alimentação, depositado em dinheiro na conta do servidor, na forma legal (para que o servidor compre alimentos onde quiser e tenha liberdade de uso do valor).

Criar plano de carreira eficiente.

Uma das mazelas encontradas durante pesquisa junto aos servidores da Prefeitura Municipal de Uberaba é a questão da falta de um plano de carreira eficiente, que valorize o trabalho, a qualificação profissional e que seja, ao mesmo tempo, viável para os cofres públicos e satisfatório para os anseios dos servidores. Assim, este Plano de Governo visa a criação, tnbem deste plano de carreira, com participação Constante dos representantes dos sfyidores públicos em uma gestão compartilhada dessas decisões para criação do plano.

Proposta de governo do candidato Edson Santana

PLANO DE GOVERNO PPS – Partido Popular Socialista

O PPS tem como compromisso implementar a plataforma denominada “Cidades Sustentáveis” em todo âmbito da administração municipal.

Educação

  • Elevar o percentual de investimentos para 30% a exemplo de outras cidades onde há gestão do PPS.
  • Implementar um modelo de educação humanizado com base em valores humanos.
  • Implantação do caderno eletrônico (Consolidar a implantação do programa: 1 computador por aluno).
  • Internet gratuita para todos os alunos da rede municipal;
  • Incluir estudo e ensino de artes (música, dança, teatro, pintura, etc) na grade curricular.
  • Distribuição de Kit escolar, incluindo uniforme;
  • Revisão do Plano de Cargos Carreira e Salários dos professores no sentido de eliminar e ou atenuar as distorções existentes.
  • Oferecer aos professores e funcionários da educação refeição no local de trabalho.
  • Implantar estrutura de assistência em saúde nas escolas incluindo atendimento psicológico e dentário as crianças e servidores.

Turismo

  • Criação da Secretaria Municipal de Turismo e Lazer.
  • Consolidar Peirópolis como centro de pesquisas e turismo de Uberaba, incluindo investimentos em infra-estrutura.
  • Implantação de trem turístico (Maria Fumaça) entre Uberaba e Peirópolis.
  • Criação da Feira de Negócios agregando produtores, comerciantes, artesão de Uberaba.
  • Investir no turismo religioso.

Desenvolvimento Econômico e Agricultura

  • Apoio irrestrito aos comerciantes locais e estímulo à ampliação e à abertura de novas empresas, principalmente do setor de processamento de grãos e alimentos.
  • Criação de um Circuito Popular de Compras incluindo a transformação da Artur Machado em um “Shopping a Céu Aberto”.
  • Adotar medidas de segurança e incentivo ao comércio nos bairros. Investir na consolidação e ampliação do programa Uberaba, Cidade Digital, implantando sistema de acesso gratuito a internet (wi-fi) em praças e prédios públicos.
  • Modernizar os Distritos Industriais da Cidade.
  • Adotar programas de incentivo a produção e valorização do homem do campo;
  • Incentivar as feiras-livres;
  • Criação do Selo Uberaba de Qualidade, para valorizar e incentivar o consumo de produtos oriundos dos campo.

Saúde

  • Conclusão das obras e instalação do Hospital Regional;
  • Reabertura de unidades de saúde nos bairros referenciais, inclusive na zona rural.
  • Ampliar para período noturno o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde.
  • Criar Farmácia Municipal de Manipulação.
  • Modernização do cadastro de pacientes do município criando o “Prontuário eletrônico do paciente”.
  • Reformulação e consolidação do Plano de cargos carreira e salários dos servidores municipais de saúde.
  • Revitalizar o Centro de Especialidades Odontológicas e recredenciamento da Policlínica Getúlio na rede de atendimento odontológico do município;
  • Criar o Centro Especializado na Saúde do Homem.
  • Garantir cobertura vacinal integral a todas as crianças e idosos do município;
  • Garantir o atendimento materno infantil e o mínimo de quatro consultas pré-natais às gestantes do município;
  • Ampliar as vagas de UTI infantil e de suporte aos partos de alto risco;

Administração

  • Contratação exclusivamente por meio de concurso público;
  • Implantar o serviço municipal de ouvidoria.
  • Isenção de IPTU para loteamentos com menos de 10 anos
  • Criação do Departamento de Orientação e Amparo ao Servidor.
  • Revisão e implementação definitiva do Plano de cargos, carreira e salários que abrigue todos os servidores do município;
  • Promoção de campanhas e adoção de ações e medidas que permitam a valorização e resgate da auto-estima dos servidores.
  • Priorizar a indicação de servidores do quadro efetivo para cargos de direção.
  • Criar Sub-prefeituras nos bairros a fim de desburocratizar e facilitar o acesso aos serviços públicos, incluindo a requisição e emissão de documentos e serviços, além de permitir maior proximidade entre as pessoas a administração.
  • * Criar o Conselho Municipal de Gestão que irá atuar na discussão e auxiliar na tomada de decisão em relação a problemas pontuais e auxiliar a estabelecer politicas e ações estruturantes para a cidade.

Infra-estrutura, Trânsito e Transporte

  • Adotar as diretrizes pactuadas no programa Cidades Sustentáveis.
  • Fim da cobrança para estacionamento na Área Azul.
  • Revitalização da sinalização viária da cidade.
  • Ampliação da capacidade de produção da Usina de Asfalto visando atuar no recapeamento das ruas da cidade.
  • Criar a Companhia Municipal de Transportes que além de gerenciar o transporte coletivo e escolar, lançará frota de veículos do município no transporte coletivo, a fim de assegurar a concorrência com as empresas do setor privado.
  • Legalização e implantação do transporte coletivo por vans com implantação da tarifa um real no percurso centro-bairro.
  • Regulamentação do serviço de mototransporte num trabalho conjunto com os representantes do setor.

Segurança Pública

  • Ampliação do efetivo e dos serviços da Guarda Municipal, valorização da tropa, implantação do serviço de patrulhamento nos bairros e, principalmente, nas escolas visando o combate às drogas.
  • Implantação da Guarda Municipal Rural, que fará a segurança nas comunidades rurais.
  • Criação de força tarefa para oferecer segurança nos Distritos industriais.
  • Construção de uma Colônia Penal.
  • Cobrar de forma efetiva do governo estadual ampliação do efetivo da Polícia Militar e Civil, bem como ampliação dos investimentos no setor.

Assistência Social

  • Parceria com as entidades para implantação do projeto Sopão Social.
  • Revitalização do Albergue Municipal.
  • Ampliação e revitalização do Caresami com cursos profissionalizantes para os reeducandos.
  • Criação do Centro de Desintoxicação dos Dependentes Químicos.
  • Lançamento do projeto:”Não dê esmola, dê oportunidade”.

Comunicação

Criar a Secretaria de Comunicação e Ações Estratéticas que vai responder pelas ações estratégicas de comunicação e prestação de serviços à comunidade

Meio Ambiente e Saneamento

  • Colocar Uberaba efetivamente no Circuito Nacional das Cidades Sustentáveis, investir em novas fontes de captação de água como forma de garantir o pleno abastecimento e o crescimento da cidade.
  • Extinguir a tarifa mínima do Codau e reduzir tarifas de esgoto para baixar o custo do fornecimento de água tratada aos domicílios.
  • Criar o IPTU Verde como forma de incentivar os uberabenses a manterem em seus quintais e calçadas áreas verdes (grama, árvores, etc).
  • Implementar programa emergencial para recuperação da mata ciliar do rio Uberaba, que abastece a cidade, bem como, seus afluentes.

Proposta de governo do candidato Fahim Sawan

PROPOSTA APRESENTADA PELO CANDIDATO A PREFEITO – FAHIM SAWAN

Seguindo orientação da Justiça eleitoral, apresentamos a seguir as linhas mestras a serem adotadas como propostas de planejamento e implementação de políticas públicas factíveis e de elevado alcance de interesse coletivo.

É dispensável abordar de forma conceitual as dificuldades gritantes que a nossa população carente vive , ou melhor dizendo, sobrevive . Um Governo deve nascer inspirado e acima de tudo obstinado em trabalhar de forma eficaz e competente para melhorar a qualidade de vida desta população que necessita de sua atenção, sobretudo na prestação de serviços relacionados diretamente á sua condição de cidadania. Esta abordagem dá o direcionamento das prioridades de gestão, ou seja, perseguir diuturnamente condições que possam melhorar o atendimento dos serviços prestados.

Encarar desafios de toda ordem, principalmente no tocante aos sérios problemas que sempre deparamos em relação à saúde, segurança, e drogas. Entendemos que as ações de governo voltadas para aprimorar a qualidade dos serviços e minimizar as dificuldades e mazelas que vivenciamos em uma sociedade de perfis díspares e socialmente desiguais são vitais e elas mesmas é que justificam atuar no campo público, na administração competente e de resultados concretos, tendo como pilares a idônea aplicação dos recursos e a inabalável convicção de governar com os olhares voltados para as prioridades e as reais e essenciais necessidades do povo.

Entendemos que no debate salutar e no exercício de relações democráticas e cordiais podemos estabelecer uma boa e produtiva convivência com o contraditório, necessário para o crescimento de qualquer gestão intencionada em ouvir e aberta às críticas, sugestões e idéias independentes de suas origens vinculadas a esta ou aquela corrente política.

O principal e justificável projeto de uma administração pública compromissado com a vida em sua plenitude é o ser humano. Este é o foco, a razão e a meta. Para tanto se faz necessário governar com vigorosa, competente e aguerrida equipe sintonizada neste objetivo. Por isto o que se coloca como ingrediente fundamental para alcançar metas e transpor dificuldades é a engenhosa interação entre as áreas de natureza social, educacional, de saúde, lazer, segurança, moradia, saneamento e meio ambiente. O conceito de plenitude de cidadania e regozijo da vida de qualidade é a interação destas áreas devidamente amparadas e geridas pelas áreas de natureza técnica, administrativa e financeira. O azeitado entrosamento entre estes setores com certeza aproximam-nos com mais facilidade e nos asseguram condições de realizar obras, ações e serviços que propiciem melhor qualidade de vida. Devemos perceber que lazer, educação, saneamento, moradia, transporte de qualidade, segurança, meio
ambiente saudável e tantos outros serviços em simbiose é que nos dão um conceito de saúde plena. E é em razão desta busca que nos propomos a trabalhar por uma Uberaba que vai em frente contando com o brilho e trabalho de sua gente.

Proposta de governo do candidato Paulo Piau

PROPOSTA DE PROGRAMA DE GOVERNO DE UBERABA 2013 -2016.

GESTÃO ÉTICA, DEMOCRÁTICA, RESPONSÁVEL E TRANSPARENTE EM BUSCA DE RESULTADOS.

DOS PRINCÍPIOS:

Os candidatos assumem, com a comunidade uberabense, o desafio de construir uma gestão pública pautada pela postura ética, responsável, transparente e participativa, com ênfase na qualidade de vida para todos e no bem-estar das pessoas. Cabe aos gestores públicos a missão de promover o atendimento das necessidades da população mediante um olhar mais criterioso para o ser humano como centro de todas as ações da Gestão Pública.

DAS DIRETRIZES:

Como forma de sustentação dos princípios mencionados os candidatos apresentam o suas propostas de Governo, nos termos do art. 11, IX, da Lei ri.° 9.504/97, alicerçado nos compromissos abaixo:

  • 1. Elaboração de amplo diagnóstico que viabilize a concretização de ações coerentes com a realidade do município, numa proposta de planejamento participativo que fundamente a aplicação dos recursos públicos de forma responsável e transparente com ênfase nas demandas coletivas;
  • 2. Construção de espaços de diálogo permanente e democrático com todos os setores e instâncias de participação social e política, numa dinâmica de gestão participativa e responsável, pautada prioritariamente pelos anseios da população e pelo controle social, em articulação com as esferas estadual e federal;
  • 3. Implantação de uma política de modernização da gestão pública a partir da ampliação da capacidade operacional do município de forma integrada com o segmento educacional, visando a criação de uma rede local e regional de disponibilização e aplicação do conhecimento construído no mundo acadêmico local;
  • 4. Implantação de uma política de relacionamento humanizado, transparente e respeitoso com o servidor público, mediante investimentos permanentes em ações de valorização do servidor como base de efetivação das ações de governo, qualificação profissional continuada e remuneração digna;
  • 5. Investimentos contínuos e programados em políticas sociais de educação, saúde, assistência social, cultura, esporte e lazer em sintonia com as diretrizes governamentais das demais esferas e com a participação ativa da comunidade, de forma a viabilizar o acesso aos bens sociais comuns a toda população, numa ação permanente de exercício da cidadania plena;
  • 6. Implantação e implementação de políticas públicas inclusivas e universalizadas que atendam de forma digna a todos os cidadãos e cidadãs, como homens e mulheres de direitos inalienáveis, em permanente integração com o 3° Setor numa proposta de atendimento em rede de serviços públicos de qualidade;
  • 7. Desenvolvimento econômico e sustentável pautado pela conservação e preservação dos recursos naturais de forma economicamente viável, ecologicamente sustentável e socialmente partilhada, que assegure qualidade à vida atual e às gerações futuras;
  • 8. Integração e articulação de todas as políticas públicas que viabilize o atendimento das necessidades da população de forma ampla, tendo como referência uma ação intersetorial para o desenvolvimento humano integral e digno;
  • 9. Apoio permanente aos setores primário, secundário e terciário como base de sustentação de todas as ações políticas de desenvolvimento sócio-econômico, ambiental e cultural do município com ênfase na geração de emprego e na melhoria da qualidade de vida;
  • 10. Incentivo permanente ao associativismo e ao cooperativismo como mecanismo de geração e partilha de riquezas de forma equânime e justa;
  • 11. Articulação local e regional tendo em vista o papel do município como cidade-pólo na construção de propostas que provoquem a melhoria da qualidade de vida para todos, a partir do desenvolvimento regional integrado, visando o fortalecimento da região nos cenários estadual, nacional e internacional;
  • 12. Desenvolvimento e implantação de políticas locais e regionais que viabilizem a solução e o enfrentamento dos desafios sócio-econômico e ambientais da região como: políticas de resíduos sólidos, política de gestão ambiental e de recursos hídricos, política de moradia, adequação da malha viária e outras;
  • 13. Investimentos no segmento das tecnologias como instrumentos de inclusão sócio-produtiva e de política de desenvolvimento econômico com ênfase na geração de emprego e renda, na qualificação profissional e na ampliação dos arranjos produtivos locais e regionais;
  • 14. Investimentos efetivos na infraestrutura urbana e rural de forma a tornar eficientes todos os equipamentos e serviços públicos como: transporte coletivo, saneamento, edificações municipais em geral, praças e parques dentre outras estruturas públicas tendo como referência central o bem-estar das pessoas;
  • 15. Promoção de uma efetiva parceria do município de Uberaba com os governos estadual e federal e com a iniciativa privada em nível regional, nacional e internacional que viabilize a efetivação de uma rede de desenvolvimento sócio-econômico sustentável que beneficie a toda a população.

Os princípios e diretrizes apresentados pelos candidatos serão detalhados e organizados em Programa de Governo Específico para a Gestão 2013-2016, a partir da participação comunitária e do apoio técnico-profissional de todos os setores, num esforço conjunto e democrático de se construir uma proposta viável tecnicamente, possível politicamente e universalizada do ponto de vista econômico-social.

PAULO PIAU NOGUEIRA CANDIDATO A PREFEITO

ALMIR PEREIRA DA SILVA CANDIDATO A VICE-PREFEITO

Uberaba, 04 de julho de 2012.

Proposta de governo do candidato Rodrigo Mateus

PROPOSTA DE GOVERNO

EDUCAÇÃO

  • · ESTENDER AOS PROFESSORES E TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO O DIREITO DE FAZEREM AS REFEIÇÕES NOS LOCAIS DE TRABALHO JUNTO COM OS ALUNOS;
  • · MELHORAR O TRANSPORTE RURAL ESCOLAR;
  • · IMPLANTAR CRITERIOS MERITORIOS PARA A VALORIZAÇÃO DOS PROFESSORES, INCLUINDO MELHORIAS SALARIAIS;
  • · INVESTIR NA QUALIFICAÇÃO DOS PROFESSORES PROPORCIONANDO ACESSO A CURSOS DE POS-GRADUAÇÃO E ESPECIALIZAÇÕES SUBSIDIADAS;

SAÚDE

  • · IMPLANTAR RIGOROSA POLÍTICA DE MELHORIA DO ATENDIMENTO AO CIDADÃO;
  • · CONCLUIR INTEGRALMENTE O HOSPITAL REGIONAL;
  • · CONSTRUÇÃO DE MAIS OITO UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE;
  • · IMPLANTAR MULTIRÕES MÉDICOS EM VÁRIAS ESPECIALIDADES;

TRANSPORTE

  • · IMPLANTAR OS CORREDORES LESTE E OESTE, NORTE E SUL DE TRANSPORTE COLETIVO,COM INSTALAÇÃO DOS NOVOS E MODERNOS ABRIGOS DE ÔNIBUS;
  • · CONSTRUÇÃO DO PONTILHÃO DA AVENIDA PADRE EDDIE BERNARDES;
  • · CONSTRUÇÃO DE PONTILHÃO NA ROTATORIA DA EXPOSIÇÃO;
  • · IMPLANTAR POLÍTICA EFICIENTE DE EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO;

ESPORTE

  • · CONTRUÇÃO DE MAIS DOIS CEMEAS;
  • · CONSTRUÇÃO DE UM GINÁSIO POLIESPORTIVO;
  • · IMPLANTAR PROGRAMAS DE PRÁTICAS ESPORTIVAS EM TODAS AS QUADRAS PÚBLICAS DA CIDADE;
  • · AMPLIAR O PROETI E INVESTIR EM ESPORTES ESPECIALIZADOS;
  • · APOIAR O NACIONAL FUTEBOL CLUB E UBERABA SPORT;

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

  • · APROVEITAR TODO O POTÊNCIAL DA FÁBRICA DE AMÔNIA DA FÁBRICA DA PETROBRAS PARA ATRAIR NOVOS INVESTIMENTOS;
  • · INVIABILIZAR A ZTE;
  • · CRIAR A SECRETARIA ESPECIAL DE APOIO AO COMÉRCIO;
  • · INVESTIR FORTEMENTE NA QUALIFICAÇÃO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL;

DESENVOLVIMENTO SOCIAL

  • · AMPLIAR O NÚMERO DE CRAS;
  • · CRIAR E APOIAR FORTEMENTE O PROJETO MULHERES DA PAZ EM NÍVEL MUNICIPAL;
  • · AMPLIAR A REDE DE PROTEÇÃO AO IDOSO;
  • · AMPLIAR OS PROGRAMAS DE PROTEÇÃO AS CRIANÇAS EM SITUAÇÃO DE RISCO SOCIAL;

CULTURA

  • · REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO PARA A FUNDAÇÃO CULTURAL;
  • · REFORMA DA SEDE DA FUNDAÇÃO CULTURAL;
  • · EFETIVAR A POLÍTICA DE FOMENTO POR MEIO DE EDITAIS PÚBLICOS;
  • · APLICAR 2% DO ORÇAMENTO MUNICIPAL EM CULTURA;

GESTÃO

  • · PRIMAR PELO RESPEITO NA RELAÇÃO COM OS SERVIDORES PÚBLICOS;
  • · CRIAR SECRETARIA ESPECIAL DE COMBATE AS DROGAS;
  • · CRIAR A SECRETARIA MUNICIPAL DE SERVIÇOS URBANOS;
  • · CRIAR A SECRETARIA MUNICIPAL DE DEFESA DA CIDADANIA;
  • · COMBATER A CORRUPÇÃO EM TODOS OS NIVEIS DA ADMINISTRAÇÃO;

AGRICULTURA

  • · APOIAR PRINCIPALMENTE OS MEDIOS E PEQUENOS PRODUTORES;
  • · APROVEITAR O POTENCIAL DO MUNICÍPIO PARA A PSICULTURA;

MEIO AMBIENTE

  • · CONSTRUIR UM NOVO ZOOLÓGICO;
  • · IMPLANTAR MAIS QUATRO PARQUES MUNICIPAIS ATÉ O FIM DO MANDATO;
  • · INVESTIR FORTEMENTE NOS PROGRAMAS DE CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL NAS ESCOLAS E NAS COMUNIDADES CORTADAS POR MANANCIAIS;

Proposta de governo do candidato Wagner do Nascimento

PARTIDO TRABALHISTA CRISTÃO
O Partido Trabalhista Cristão de Uberaba-MG, vem apresentar o seu Plano de Governo “Nascimento de um novo tempo”, com o foco na gestão voltada para as pessoas.

1. ADMINISTRATIVO

  • Redução dos cargos de confiança.
  • Realização de concursos públicos.
  • Criação do sistema de meritocracia.
  • Auditoria preventiva em todas as secretarias, em parceria com o ministério público.
  • Orçamento participativo: No Orçamento Participativo, as comunidades, por meio das assembléias regionais, vão votar a escolha de obras nas áreas de educação, saúde, esporte, lazer, cultura, saneamento e urbanização. O calendário das assembléias nas regiões administrativas será definido junto à comunidade.
  • Portal Público onde serão expostos TODOS os gastos, licitações, compras da prefeitura.
  • Programa semestral de radio e TV para prestação de contas e apresentação de projetos.

2. EDUCAÇÃO

  • Ampliação do número de alunos matriculados na rede municipal de ensino.
  • Implantação do método de ilhas de conhecimento.
  • Programa de capacitação e valorização dos professores e diretores de escolas mediante bonificações quando seus desempenhos atingirem um patamar considerado de excelência, de acordo com o IDEB (Instituto de Desenvolvimento de Educação Básica), além do aumento salarial do corpo docente.
  • Criação de novas escolas.
  • Programa Jovem do Futuro (projeto de parceria com as empresas privadas)
  • Criar Conselhos Estudantis em todas as escolas municipais
  • Abertura de Concursos Públicos
  • Ampliação do PROETI
  • Participação do Corpo Docente nas Decisões de todos os Programas, Projetos e Diretrizes
  • Fortalecimento do Conselho Municipal de Educação

3. SAÚDE

  • Ampliação dos Programas Saúde na Praça: Levar atividades físicas gratuitas para as praças da cidade (ginástica orientada, yoga, etc.)
  • Programa de Reforço Alimentar Infantil.
  • Programa Saúde em Casa / Remédios / prioridade nos exames e consultas.
  • Fortalecimento da Farmácia Popular.
  • Fortalecimento do Conselho Municipal de Saúde. Melhorar a gestão da saúde.
  • Reestruturar a logística da secretaria de saúde, no que tange a distribuição de remédios
  • Melhora do primeiro atendimento.
  • Ampliação das UPAs.
  • Adequar e ampliar as UBSs.
  • Ampliar as equipes do PSF, para atender às exigências do SUS.
  • Ampliação dos programas de saúde da mulher, do idoso e do adolescente.

4. INFRA-ESTRUTURA

  • Ampliar a qualidades dos serviços urbanos, especialmente a pavimentação asfáltica em toda a cidade e as operações de recapeamento e tapa-buraco, maximizando a durabilidade dessas obras de infraestrura.
  • Reforma e ampliação das estações de tratamento de esgoto e canalização da rede de esgoto total da cidade
  • Ampliação e criação de estações de tratamento de água e esgoto.
  • Saneamento básico para todas as regiões da cidade.

5. TECNOLOGIA

  • Criar centros de acesso a internet gratuitos (2 no primeiro ano, 2 no segundo ano, 2 no terceiro ano e 2 no quarto ano) num total de 8 centros nos bairros/distritos.
  • Ampliar e instalar laboratórios de informática em todas as escolas municipais.

6. CULTURA E LAZER

  • Criação do Clube do Trabalhador
  • Dar visibilidade ao carnaval e outras festas populares locais, tornando o Município um centro atrativo turístico.
  • Transformar a Univerdecidade num espaço de lazer (quadras, pista de caminhada e ciclovia) e cultural (concha acústica)
  • Um festival de literatura / ou amostra de vídeo permanente na cidade (anual).
  • Reformulação e Valorização do Circo do Povo.
  • Valorização do teatro municipal Vera Cruz.
  • Criação de espaços de lazer em todos os bairros.
  • Realizar um inventário cultural, para valorizar os artistas locais e ampliar os projetos culturais.
  • Criação do Expresso da Cultura, que consiste num ônibus adaptado que levará aos bairros atividades culturais tais como, projeções de filmes clássicos, peças teatrais de grupos locais, biblioteca itinerante, concurso de oratória ou musical (interpretação), jogos, brincadeiras, danças, gincanas, entre outras atividades, sempre acompanhados por monitores especializados

7. ESPORTE

  • Programa Esporte na Rua (Basquete, Handebol, Futebol, Xadrez, etc).
  • Quadras de esportes / Campos de Futebol de campo / Futevôlei / Vôlei de Praia.
  • Finalização e modernização do Estádio Municipal Engenheiro João Guido “Uberabão”.
  • Incentivar os times de futebol profissional da cidade e, também, amador.
  • Realizar parcerias com a LUF.
  • Ampliar e implantar parcerias com as federações a associações esportivas.
  • Construção e ampliação das ciclovias.

8. DESENVOLVIMENTO SOCIAL

  • Ampliação do número de atendimentos nas unidades da Secretaria de Desenvolvimento Social.
  • Fortalecimento do Conselho Municipal de Assistência Social, Conselho Municipal dos Direitos do Idoso, Conselho Municipal de Defesa das Pessoas com Deficiência de Uberaba, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.
  • Implementar o programa de planejamento familiar, abordando temas tais como, gravidez precoce, prevenção de doenças e capacitação profissional.
  • Fortalecer o apoio às ONGs de caráter social.
  • Aperfeiçoar os programas sociais de atendimento ao idoso e portadores de necessidades especiais e proteção aos direitos das mulheres.
  • Ampliar os programas de inclusão e promoção social.

9. TRANSPORTE PÚBLICO

  • Criação da nova Rodoviária de Uberaba.
  • Reformulação do trânsito na cidade, criação de vias de acesso alternativas.
  • Melhorar a qualidade do transporte público, tornando-o mais eficiente, aumentando a agilidade (diminuindo o tempo de espera), e conforto aos usuários horários, por um preço mais justo, sem que isso resulte aumento de tarifa.
  • Viabilizar mais linhas regulares no aeroporto para as grandes metrópoles, tais como, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte.
  • Criação do aeroporto internacional de Uberaba
  • Fortalecer e apoiar as cooperativas de táxi e de moto-táxi

10. AGRICULTURA E PECUÁRIA

  • Criação do Restaurante Popular: fornecer comida de qualidade a preços baixos para a população carente.
  • Incentivo a agricultura familiar e assentamento de famílias no campo.
  • Ampliação do programa Apoio ao pequeno Agricultor: programa para levar para a população mercadorias direto do campo para a cidade.
  • Programa Leite Escolar: Compra de leite da cooperativa local para fornecimento para as escolas municipais.

11. INDÚSTRIA E COMÉRCIO

  • Criar o Distrito Industrial IV.
  • Atrair mais empresas para o município.
  • Estimular os empreendedores das micro e pequenas empresas que se encontram na informalidade a legalizarem seus estabelecimentos comerciais, industriais ou de prestação de serviços.

12. SEGURANÇA

  • Capacitação e ampliação da Guarda Municipal.
  • Viabilizar o aumento do efetivo policial nos horários de maior ocorrência policial (estatística dos 2 últimos anos) nos bairros de maior incidência.
  • Criação e/ou ampliação do sistema de monitoramento de câmeras na cidade.

13. MEIO AMBIENTE

  • Ampliação da coleta de lixo seletiva e melhoria na coleta.
  • Incentivar a cooperativa de catadores de papel e de metal.
  • Praticar programas de proteção da águas, realizando o diagnóstico e georeferência das nascentes, controle da sedimentação e erosão, recuperação florestal, aumento da produtividade agrícola, preservação da biodiversidade, conservação das matas ciliares e manutenção da qualidade da água, entre outras medidas.
  • Realizar um trabalho de educação ambiental nas escolas municipais e nos demais programas mantidos pelo Município, além das campanhas de conscientização.

14. JUVENTUDE

  • Fortalecimento do Conselho Municipal de Juventude.
  • Ampliação dos programas sociais e de primeiro emprego do PROBEM.
  • Instalação da nova sede da União Estudantil Uberabense

15. MINORIAS

  • Aperfeiçoar os programas de inclusão e valorização da comunidade afro-brasileira.
  • Combate a discriminação de todas a minorias.
  • Implantação de políticas públicas para a comunidade GLS
  • Ampliar a Acessibilidade do município, inclusive as rampas de acesso.
  • Criação e ampliação dos sinais sonoros.
  • Apoiar e fortalecer a APAE, juntamente com todas as entidades assistenciais e filantrópicas.

16. DEMAIS AÇÕES

Fortalecer o setor turístico e criar uma política municipal de turismo, com a finalidade de desenvolver na cidade o turismo de negócios, eventos, agropecuário e rural.

Novas leis de incentivos, mais amplas e modernas;

Incentivar o cooperativismo como meio de geração de renda;

Disponibilizar consultorias para a realização de palestras, cursos, seminários e workshops destinados as pequenas empresas localizadas nos bairros da cidade, visando orientar e capacitar os pequenos empresários, para que suas empresas tenham maior possibilidade de sobrevivência no mercado e obtenham mais lucros;

O Município realizará parcerias com o SENAI, SENAC, ACIU, Sindicatos e outras instituições públicas e privadas no sentido de viabilizar cursos livres e treinamentos adequadamente os profissionais para o mercado de trabalho, seja no setor comercial, industrial ou de prestação de serviços.

As demais ações serão discutidas com a população de Uberaba durante as eleições, possibilitando a ampliação das ações de acordo com as demandas da sociedade.